Desperdício de alimentos e a fome: como consumidores e comércio podem ajudar

Mundialmente, entre um quarto e um terço dos alimentos produzidos todos os anos para consumo humano se perde ou é desperdiçado. Isso corresponde a cerca de 1.300 bilhões de toneladas de alimentos. 

Dados da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) mostram que 30% dos cereais, entre 40 e 50% das raízes, frutas, hortaliças e sementes oleaginosas, 20% da carne e produtos lácteos e 35% dos peixes são desperdiçados. A entidade indica que esses alimentos seriam suficientes para alimentar dois bilhões de pessoas.

A FAO estima que 6% das perdas mundiais de alimentos acontecem na América Latina e no Caribe. Sendo que 47 milhões de pessoas passam fome nessas regiões.

Com os alimentos que se perdem na região só em varejos, como, supermercados, feiras hortifrutis e demais pontos de venda, seria possível alimentar a mais de 30 milhões de pessoas, o que representa 64% dos que sofrem com a fome na região.

Esse desperdício acontece em todas as fases da cadeia alimentar: 28% dos consumidores, 28% na produção, 17% no mercado e na distribuição, 22% durante o manejo e o armazenamento e 6% no processamento.

No Brasil, a fome afeta 14 milhões de pessoas. Na venda, o país desperdiça alimentos suficientes para satisfazer as necessidades nutricionais de 11 milhões de pessoas, o que faria reduzir a fome em níveis menores a 5%.

Além da fome, o desperdício de alimentos gera impactos prejudiciais ao meio ambiente, pela má utilização de recursos naturais como água e o solo.

Dito isso, vemos a importância que supermercados, atacados e minimercados têm sobre o tema, já que 17% do desperdício vem dessa área. Vendo por uma ótica de que a cadeia de abastecimento pode ajudar nessa questão, trouxemos algumas soluções, tanto para consumidores quanto para supermercados e hortifrutis

Continue lendo este texto para descobrir essas soluções.

Baixe este infográfico e saiba onde guardar os alimentos na geladeira para evitar desperdícios.

 

Neste texto você vai ver:

Já demos algumas dicas neste post sobre como reduzir desperdício e aumentar vendas em hortifrutis e supermercados, confira:


Hortifrúti e supermercado como reduzir desperdício e aumentar vendas

Relação entre perdas e desperdício

As perdas no varejo ocorrem por diversas causas: comerciais, administrativas, de produtividade, financeiras e operacionais, podendo ser classificadas como rupturas ou quebras. Sendo a diferença delas explicada na tabela abaixo:Ou seja, ao evitar a perda por quebra, o supermercado estará ajudando também na diminuição de desperdícios de alimentos.

Se você possui um supermercado, minimercado ou hortifrúti e quer prevenir as perdas, temos um conteúdo que vai te ajudar:

Guia Prevenção de Perdas no Varejo 2

O que nós, como consumidores, podemos fazer para diminuir o desperdício de alimentos

- Modificar padrões de consumo

Trazer um novo olhar para frutos que não estão dentro do padrão “perfeito” de consumo, como ser e um tamanho menor ou maior que o normal ou até com algumas imperfeições.

- Fazer, sempre, uma lista de compras do que é realmente necessário dentro de casa.
Ao pensar em alimentos perecíveis, tentar planejar a compra semanalmente para evitar que alimentos apodreçam.

- Armazenamento correto dos alimentos

Saber como armazenar corretamente os alimentos.quais devem ficar na geladeira.
Quais devem estar em ambiente seco e sem luz.

- Não jogar fora alimentos pela metade

Utilizar a totalidade dos alimentos, criando novas receitas e vendo novos jeitos de consumo para aquele alimento.

- Utilizar a técnica “FIFO” first in first out (Primeiro que entra, primeiro que saí)

Deixe os alimentos que chegaram primeiro à vista, na primeira fila da sua geladeira ou prateleira, assim vai facilitar a visão daqueles que precisam ser consumidos primeiro.

Agora, vamos mostrar algumas iniciativas feitas aqui, no Brasil, para evitar o desperdício, e assim, te inspirar.

Não podemos falar em fome sem falar de segurança alimentar. Você sabe o que é segurança alimentar e qual a diferença entre segurança dos alimentos? Confira neste post aqui:

Segurança alimentar e segurança de alimentos_ entenda a diferença-1

 

Iniciativa para diminuir desperdício de alimentos

  • Fruta imperfeita

Delivery de frutas com formatos diferentes, mas deliciosas - por um consumo consciente e sem desperdício.

Fruta imperfeita

Empresa localizada em São Paulo, tem como propósito “diminuir o desperdício de alimentos por meio da disseminação do consumo consciente atuando como agente de conexão entre os produtores e consumidores”.

  • Momento desperdício zero 

A ação do Carrefour incentivava o consumo consciente por  meio de dicas de economia e reaproveitamento de alimentos. Como, ideias de como aproveitar partes geralmente descartadas de alimentos, como talos, folhas e sementes.

Momento desperdício zero

  • Comida Invisível

Startup de impacto social que atua com soluções de combate ao desperdício a partir do alimento.

A startup sonha “com um Brasil sem desperdício de alimentos e utiliza a tecnologia para conectar quem tem alimentos para doar com quem precisa deles”.

Comida Invisível

 

Essas foram algumas iniciativas que tanto consumidores quanto supermercados e hortifrútis podem adotar e conseguir fazer parte desta mudança.

Espero que tenha gostado do texto e que ele tenha plantado a sementinha da conscientização do desperdício de alimentos em você.

Se precisar de algum apoio, estamos aqui, lado a lado. 💙