Rastreabilidade de Alimentos: tudo o que você precisa saber

A Rastreabilidade de produtos, de maneira geral, surgiu devido à necessidade de saber a localização de determinado produto na cadeia logística.

Empresas e autoridades, em vários mercados ao redor do mundo, têm interesse em estabelecer sistemas para monitorar e rastrear os produtos nos diferentes pontos da cadeia de abastecimento.
 
A Rastreabilidade de Alimentos pode ser um mecanismo desconhecido por muitos, principalmente consumidores finais, mas a utilização dessa ferramenta é importante e é uma responsabilidade de toda a cadeia agroalimentar. Se você quer implantar ou aprimorar a rastreabilidade na sua empresa, este post vai mostrar tudo o que você precisa saber. Neste post você vai ver:

Mas, afinal, o que é Rastreabilidade de Alimentos?

Rastreabilidade de Alimentos, segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), é o conjunto de procedimentos que permite detectar a origem e acompanhar a movimentação de um produto ao longo da cadeia produtiva, mediante elementos informativos e documentais registrados. 
 

Como funciona a Rastreabilidade de Alimentos

A Rastreabilidade em Alimentos é feita, na prática, por meio de registros da informação do alimento, toda a sua história na cadeia produtiva de alimentos. Desde a sua origem, lá na produção rural, até as gôndolas do supermercado ou restaurantes para o consumidor final.
Isso é feito por meio de um código único para cada lote. Esse código irá acompanhar o alimento durante toda a cadeia produtiva de alimentos. Podendo ser consultado a qualquer momento.

 

Esse código é alfanumérico, combinando letras e números em uma etiqueta. Essa etiqueta possui um QR CODE, que carrega todas as informações desses alimentos. Como podemos ver na imagem abaixo:

etiqueta-qr-core-rastreabilidade

Benefícios de aplicar a Rastreabilidade dos Alimentos

Transparência na cadeia de suprimentos

Saber exatamente por onde e por quais processos o alimento passou. Possuir e disponibilizar registros e histórico de cada lote para toda a cadeia de abastecimento.

Segurança dos alimentos e agilidade em casos de recall

Em casos de surtos por intoxicações alimentares ou eventos de contaminação, a eficiência no rastreamento dos alimentos ajuda os profissionais envolvidos na produção do alimento, assim como agências governamentais a localizar, rapidamente, os produtos contaminados.

Conexão com o consumidor final

Por meio da rastreabilidade, o consumidor final conhece todas as informações do produto, como, de onde ele vem, qual o caminho percorrido, processo produtivo, diferenciais e certificações de qualidade. Ao utilizar a ferramenta, a comunicação do seu produto se destaca por transmitir segurança e transparência, agregando valor ao produto.

Competitividade de mercado

Com essa diferenciação no seu produto, sua marca se destaca e ganha competitividade no mercado.

Veja mais conteúdos como esse:
Sou produtor e uso o Rastreador: estou atendendo à INC 02/2018?
Benefícios Rastreabilidade de Alimentos para o Varejo


Como visto anteriormente, a rastreabilidade em alimentos é responsabilidade de
toda cadeia de alimentos. Desde produtor rural, distribuidor, indústria, até supermercados e restaurantes.

 

Com isso, vamos te mostrar quais são as informações necessárias para cada elo da cadeia

Produtor Rural

Garantir a informação básica dos processos internos, que são: produção no campo, classificação, embalamento e processamento.

Distribuidor 

Garantir a informação do elo anterior, de quem comprou. Garantir a informação do elo posterior, para quem vai vender.

Supermercados, Hortifrútis e Indústrias de alimentos

Garantir a informação do elo anterior e disponibilizar a identificação dos produtos em destaque. Para os produtos embalados, é obrigatório seguir a legislação de rotulagem e identificação do lote.

Restaurantes

Garantir a informação do elo anterior, de quem comprou.

Ou seja, sempre terá um ente anterior e um ente posterior.

Ente anterior:

  • Informações sobre o produto; 
  • Informações do fornecedor; 
  • Nota Fiscal ou equivalente.

Ente posterior: 

  • Informações sobre o produto; 
  • Informações do comprador; 
  • Nota Fiscal ou equivalente.

Percebeu quanta informação carrega aquele QR code?

Esperamos que você tenha notado que a Rastreabilidade de Alimentos é muito mais do que gerar etiquetas para o seu produto. Ela gera uma cadeia de alimentos colaborativa e transparente onde todos olham e se preocupam com a qualidade e segurança dos alimentos.

Agora, vamos ver as legislações que abrangem a Rastreabilidade de Alimentos.

Legislação Rastreabilidade de Alimentos

Isso mesmo, a Rastreabilidade dos Alimentos é obrigatória e regida por uma lei.

A lei é a Instrução Normativa Conjunta ANVISA-MAPA nº 02 de 07/02/2018 (INC 02/2018).

A legislação se aplica aos entes da cadeia de produtos vegetais frescos nacionais e importados quando destinados ao consumo humano.

Neste post não iremos nos aprofundar nessa legislação, pois já temos dois conteúdos que irão te ajudar nesse assunto:

Mas trouxemos alguns pontos de atenção da INC.

Art. 4°. A rastreabilidade de alimentos deve ser assegurada por cada ente da cadeia produtiva de produtos vegetais frescos em todas as etapas sob sua responsabilidade.

Art. 10. O descumprimento dos termos da INC 02/2018 sujeita o infrator às penalidades previstas na Lei nº. 6.437, de 20 de agosto de 1977, e na Lei nº 9.972, de 25 de maio de 2000, cuja incidência se dará independentemente de outras infrações administrativas, civis e penais previstas na legislação ordinária.

O não cumprimento da Rastreabilidades dos Alimentos pode gerar:

I - advertência;

II - multa;

III - apreensão de produto;

IV - inutilização de produto;

V - interdição de produto;

VI - suspensão de vendas e/ou fabricação de produto;

VII - cancelamento de registro de produto;

VIII - interdição parcial ou total do estabelecimento, entre outras penalidades.

Órgãos que fiscalizam a Rastreabilidade dos Alimentos

A Rastreabilidade de Alimentos é fiscalizada pelos serviços de Vigilância Sanitária (VISAS) e pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

Veja mais conteúdos que podem te interessar e que vão te ajudar nessa jornada:
Recall de Alimentos
Guia Rastreabilidade de Alimentos

 

Ferramentas de Rastreabilidade de Alimentos

Bom, acho que você já entendeu os benefícios e o porquê utilizar a ferramenta de Rastreabilidade de Alimentos é essencial para o seu negócio. Mas, não poderíamos deixar de falar sobre tecnologia aqui. 

Para fazer a rastreabilidade de alimentos é necessário que você tenha uma ferramenta que te ajude a criar esse código e que seja aceito em todo o mercado.

PariPassu possui uma solução que pode te ajudar nessa jornada. O Rastreador PariPassu, ferramenta para rastreabilidade e recall líder no mercado em todas as etapas da cadeia de alimentos.

Utilizando o software de rastreabilidade de alimentos da PariPassu, você conseguirá fazer a rastreabilidade de todos os seus produtos alimentícios e terá aceitabilidade em 100% do varejo nacional.

Benefícios Rastreador PariPassu

Utilizando o Rastreador PariPassu, você irá automatizar totalmente o processo de rastreabilidade de alimentos e assim, trará agilidade e eficiência para seu negócio.

Mas, além disso, o Rastreador PariPassu possui diversos benefícios para as diferentes áreas da cadeia produtiva de alimentos:

  • Manejo de campo e insumos para produtores de alimentos (Rastreador do Campo);
  • Automatização do recebimento de produtos;
  • Automatização da inspeção de qualidade;
  • Controle de volume de entrada e saída de produtos;
  • Verificação de ruptura de pedido;
  • Cadastro de processamento de alimentos (cortes, embalagens, higienização, etc);
  • Aceite de pedidos de compra de distribuidores e fornecedores diretamente do aplicativo, caso ele também possua o Rastreador PariPassu;
  • Controle de fornecedores (Panorama);
  • Integração com diversas ferramentas:
    • Sankya 
    • Omie
    • Bling 
    • Conta Azul 
    • Totvs 
    • Assaí/GPA 
    • Compre bem

Além, é claro, de atender 100% à INC 02/2018.

Você deve ter percebido que colocamos alguns itens com o Rastreador do Campo e Panorama. Essas são duas funcionalidades integradas ao Rastreador PariPassu.

Rastreador do Campo é uma funcionalidade voltada para os produtores rurais

Com ela, você pode documentar todos os manejos agrícolas da sua propriedade.

Caso você queira entender melhor sobre essa funcionalidade, separei dois conteúdos para você:

Já o Panorama foi desenvolvido para toda cadeia produtiva. O Panorama é uma ferramenta para gestão de indicadores que possibilita que você tome decisões baseadas em informações e tenha total controle sobre os dados da sua empresa.

Saiba mais:

Entenda mais sobre o software de Rastreabilidade de Alimentos da PariPassu:

 

Gostou da nossa solução e tem interesse em aplicar no seu negócio? Marque uma conversa com um de nossos especialistas e compreenda como o Rastreador PariPassu pode te ajudar:

 

Caso você queira se aprofundar ainda mais no assunto, a Academia PariPassu possui um curso de Rastreabilidade de Alimentos:

Banne-curso-rastreabilidade-de-alimentos

 

Programa RAMA

Não poderíamos encerrar o post sobre Rastreabilidade Alimentar sem falar do Programa RAMA.

Programa de Rastreabilidade e Monitoramento de Alimentos (RAMA) foi desenvolvido pela Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS). Ela associa informações de rastreabilidade e monitoramento de defensivos agrícolas de frutas, legumes e verduras (FLV).

No programa, são realizadas coletas de amostras de FLV nos pontos de venda para realização de análises de resíduos de agrotóxicos. Caso sejam detectados resíduos de defensivos não permitidos para a cultura ou em um nível acima do estabelecido por lei, a leitura do código de rastreabilidade permite identificar a origem do produto para que seja rapidamente estruturado um plano de ação.

As mais de 60 redes que participam do RAMA, por adesão voluntária, recebem a orientação necessária para estimular seus fornecedores sobre a adoção de boas práticas agrícolas e planos de ação, para que todos os envolvidos – produtores, distribuidores e supermercados – possam oferecer ao consumidor final um alimento seguro.

Sabemos que a fiscalização por parte dos órgãos competentes é rigorosa, e portanto, a cadeia de alimentos deve estar atenta às questões de contaminação de alimentos.

Os participantes do Programa RAMA têm acesso exclusivo a uma plataforma de informações compartilhadas referente à análises realizadas em diversos produtos, gerando uma base de dados consolidada, evitando que o supermercado faça reanálises de produtos já conforme.

Além disso, caso seja fiscalizado, o supermercado estará preparado para atender as expectativas das agências governamentais, uma vez que todos os produtos possuem origem declarada e são monitorados com frequência, mostrando o interesse do supermercado em garantir a segurança dos alimentos comercializados. A PariPassu é a responsável técnica por esse programa e atua ativamente no desenvolvimento da cadeia de abastecimento.

Muitos participantes do Programa RAMA, além de se preocuparem com a qualidade de seus produtos, adotam a estratégia de divulgar e informar aos consumidores a importância de conhecer o processo de rastreabilidade, expondo materiais ilustrativos nas gôndolas do setor de hortifrúti, como no caso da Rede de Supermercados Hiperbom, rede de supermercados da cidade de Florianópolis, Santa Catarina.

Esperamos que você tenha gostado do nosso texto sobre Rastreabilidade de Alimentos e seus benefícios. Caso você tenha alguma dúvida ou queira implementar a Rastreabilidade de Alimentos na sua empresa, fale com um de nossos especialistas agora mesmo!