Integração do Rastreador PariPassu ao padrão de identificação GS1-128

Nós da Paripassu sabemos que você já ouviu falar da padronização das etiquetas (GS1- 128), mas você sabe o que é efetivamente? Você a está usando corretamente? Como se beneficiar com o uso da padronização?

A GS1-128 representa identificadores de aplicação e permite que você identifique mais informações sobre o produto (dados como número de série, datas de validade, medidas entre outras diversas informações), sendo utilizado para produtos que possuem uma grande necessidade de serem rastreados.

Assim, as soluções da PariPassu, especialmente o Sistema Rastreador, disponibilizam os padrões de identificação GS1, integrando as áreas de Logística, Qualidade e Comercial, tendo como objetivos principais a agilidade e eficiência dos processos e a transparência da informação entre os elos da cadeia produtiva de alimentos.

Está sem tempo para ler? Então escute este áudio e fique por dentro do assunto!

 

O Sistema Rastreador PariPassu integra-se ao Rastreador do Campo (registro dos manejos de campo), ao Controle de Qualidade dos processos e aos Sistemas EDI das redes de varejo.

Seguindo esta lógica, o incremento da complexidade dos processos é gradativo e obedece a capacidade e velocidade de cada cliente, sempre buscando indicadores mensuráveis, preferencialmente derivados da automação dos padrões e processos.

De maneira geral, é possível observar este fluxo das informações melhora o conhecimento dos Pontos Críticos de Controle associados ao caminho do alimento, principalmente sobre a qualidade, e por consequência, gera maior e melhor controle, reduzindo os indicadores de ruptura e quebra em cada etapa.

Por fim, a replicabilidade da metodologia das nossas soluções, como o Sistema Rastreador, associados aos padrões de identificação da GS1, é possível ter escala, imprimindo velocidade na sua adoção.

 

Como a adoção do padrão de etiqueta muda na prática.

A adoção do padrão de etiqueta GS1-128 pelo Sistema Rastreador no setor de Frutas, Legumes e Verduras (FLV), visa a eficiência da operação do campo ao varejo, disponibilizando funcionalidades de automação que se encaixem aos diferentes tipos de processos e clientes.

Com a utilização do padrão de etiqueta GS1-128 é possível incluir informações adicionais do produto tais como: número do lote, data de validade e outras informações pertinentes.

Além disso, o desenvolvimento do padrão de etiqueta GS1-128 no Sistema Rastreador está homologado para os diferentes hardwares de impressão e facilmente ajustado para as demandas das diferentes redes de supermercados brasileiros.

Através desta funcionalidade, a escalabilidade para o atendimento ao padrão se tornou viável imprimindo ganhos de eficiência de processos entre fornecedores e supermercados.

Etiqueta Paripassu

 

O padrão de etiquetas GS1-128 está disponível no Sistema Rastreador, online e através das informações fornecidas pelos usuários nos cadastros basilares, a impressão final é muito simples e rápida.

 

O padrão de etiqueta diferencia-se em 2 modelos específicos, sendo:

  •  Etiquetas de Pallets;
  • Etiquetas de Caixas.

 

A utilização de um padrão de identificação através do Sistema Rastreador permitiu vantagens e benefícios imediatos aos elos da cadeia produtiva:

  • Facilidade e velocidade de adequação as demandas do varejo brasileiro (total de 15 dias para atendimento a demanda);
  • Alta velocidade de impressão, sem necessidade de configuração;
  • Redução de 100% do erro humano na impressão das etiquetas;
  • Zero impacto no atual processo de rastreabilidade e identificação de caixas e pallets para os clientes da PariPassu;
  • Alta velocidade de aprendizagem sobre a adoção devido aos treinamentos e capacitação oferecidos pela GS1 e também pela PariPassu;
  • Potencial de mais de 15.000 unidades produtivas, fornecedores dos distribuidores que atendem o varejo nacional para adoção do Padrão de Etiquetas GS1-128.


Existe ainda a evolução do processo de rastreabilidade alinhado aos padrões internacionais de identificação e recall junto ao consumidor final.

 

 

Com este processo é possível ofertar um alimento mais controlado através da relação de transparência entre os elos da cadeia produtiva, pois a PariPassu conecta o produtor ao consumidor, permitindo o fluxo de informação direto entre as partes.

A funcionalidade de impressão automatizada do padrão GS1-128 diretamente no Sistema Rastreador abre um novo caminho para a gestão de abastecimento na categoria FLV, associando aspectos técnicos e o controle de qualidade.

 

Nós da Paripassu sabemos como você gosta de conteúdo de qualidade e tem vontade de saber sempre mais, por isso separamos alguns conteúdos para você:

Conheça também a Academia PariPassu, cheia de cursos e conteúdos de qualidade que vão te ajudar a produzir o máximo e da melhor forma.