fbpx

Black Friday no varejo: 8 dicas para vender ainda mais no seu supermercado!

Está sem tempo para ler? Não se preocupe! Preparamos um player para você escutar e ficar por dentro do assunto.

Finalmente chegou o momento: a Black Friday, o feriado de varejo mais popular do ano. Mas com tantas ofertas disponíveis para os consumidores, o mercado torna-se ainda mais competitivo. Por isso, é preciso buscar diferentes formas de inovar para se destacar frente à concorrência.

De acordo com a National Retail Federation, em 2018, cerca de 164 milhões de pessoas visitaram lojas ou fizeram compras online na Black Friday nos EUA. Já em 2019, o número bateu o recorde de 190 milhões de pessoas. Você consegue imaginar os números de 2020 e como vão impactar no seu negócio?

Colher os benefícios deste feriado requer um planejamento sério e antecipado. Em outras palavras, é hora de começar a planejar suas campanhas!

Portanto, no texto de hoje, separei as 8 principais dicas que você precisa saber para se preparar para a Black Friday e aumentar as vendas no seu supermercado ou minimercado.

Mas afinal, quando é a Black Friday?

A Black Friday ocorre na sexta-feira, 27 de novembro, um dia após o Dia de Ação de Graças nos Estados Unidos. Ficando atrás apenas do Natal, o evento de vendas agora é algo global e se tornou a oportunidade perfeita para o comércio compensar os meses mais fracos, os impactos da pandemia e levantar o faturamento anual.

Isso não significa necessariamente que todas as melhores ofertas serão reservadas para a própria sexta-feira. Na verdade, muitos varejistas começam a lançar suas ofertas até quatro semanas antes, utilizando estratégias como a Black November, a fim de blindar a competitividade da concorrência.

O que esperar da Black Friday em tempos de pandemia

A maioria dos varejistas oferece promoções de compras excepcionais na Black Friday, que são difíceis ou impossíveis de encontrar em qualquer outro dia do ano.

Graças aos horários estendido em muitos varejistas, é mais fácil do que nunca conseguir ótimos negócios na Black Friday sem encontrar multidões paralisantes ou estresse. Em muitos casos, não é mais necessário nem sair de casa.

No entanto, este ano estamos em um cenário completamente diferente. Em um ano em que todos descobrimos que o tempo se move de maneira diferente, é preciso adaptar-se à nova realidade e encontrar estratégias diferentes das convencionais.

A Walmart, por exemplo, anunciou uma “experiência totalmente nova da Black Friday” este ano para evitar que multidões se amontoem durante uma pandemia. Além de manter o distanciamento social, não fará o horário estendido e já está oferecendo mais ofertas online para atender aos desejos dos clientes de comprar com antecedência e em segurança.

Outra grande tendência é o incentivo do consumo de frutas, legumes e verduras (FLVs), por uma constante preocupação do novo consumidor com a saúde, buscando garantias que maximizem seu bem-estar, a fim de reduzir a ameaça de enfermidades.

Em vez de ser apenas uma visão aspiracional, os consumidores estão buscando ainda mais informações sobre o alimento: desde a sua produção, passando pela distribuição, gôndolas de supermercado, até chegar de fato ao consumo final.

Para te ajudar a superar os desafios desse novo cenário, confira abaixo as 8 dicas de marketing para atrair clientes na Black Friday:

Antes de começar: implemente o Omnichannel

A primeira dica não poderia ser diferente: iniciar com a implementação do modelo Omnichannel.

Com a flexibilização da quarentena no país, as vendas por comércio eletrônico seguem em alta. Ao analisar o mês de agosto de 2020 em relação ao mesmo mês do ano passado, houve alta de 76%. Seguindo a mesma base de comparação, o faturamento teve desempenho maior e registrou aumento de 88%

Tudo isso nos leva para uma tendência que veio para ficar: o conceito de Omnichannel, ou seja, a integração de todos os canais de vendas existentes em uma empresa, como loja física, loja online (site e app), atendimento via telefone, atendimento via whatsapp, redes sociais e e-mail.

Para obter o máximo do marketing da Black Friday, é importante alcançar os compradores onde quer que estejam. Isso significa estar presente em diferentes canais. E, principalmente, utilizar a mesma linguagem e comunicação entre eles. 

Se o seu supermercado está presente em vários canais ou se está iniciando com o modelo omnichannel, neste blog post, explicamos tudo o que você precisa saber e como utilizar essa estratégia para vender mais em suas lojas. Clique e confira:

Omnichannel: como trazer melhores resultados para o seu supermercado?

8 dicas de marketing da Black Friday para atrair clientes

Com a antecedência necessária, uma data importante como a Black Friday pode causar um forte impacto no faturamento do seu supermercado ou minimercado.

Mas além de ter uma base de fornecedores confiável e segura, funcionários treinados e preparados, é preciso focar em um marketing consciente que entenda o momento em que estamos vivendo.

Confira as dicas feitas especialmente para você vender mais:

1. Comece cedo

Mesmo a Black Friday ocorrendo apenas nesta época do ano, não significa que você não deve começar a pensar na estratégia das suas lojas com antecedência. Afinal, uma ótima maneira de criar entusiasmo em torno de suas ofertas da Black Friday é começar a falar sobre elas cedo. 

Então, quando exatamente você deve lançar sua campanha da Black Friday?

Você já pode começar a compartilhar teasers da Black Friday por meio de canais como mídias sociais e e-mail a partir do começo de outubro. Abaixo separei as principais dicas de marketing digital para uma comunicação online mais efetiva:

2. Utilize linguagem clara e atraente

Certifique-se de que a linguagem utilizada em suas promoções não deixem dúvidas sobre qual é a oferta e o que o consumidor deve fazer para consegui-la. Afinal, você não quer desperdiçar o tempo dos clientes durante esta temporada movimentada, não é mesmo?

Utilizar uma linguagem de tempo limitado e chamadas para ação (CTAs) são formas para criar urgência e ajudar a aumentar as vendas. Além disso, frases como “maior promoção do ano” ou “melhores preços da temporada” podem incentivar a compra.

3. Use contagem regressiva e técnicas de escassez

Quem não fica ansioso ao ver um relógio com contagem regressiva? Esse efeito psicológico, quando implementado em promoções, é um incentivo muito poderoso para os clientes agirem e realizarem a compra.

Além disso, a contagem regressiva pode ser utilizada como uma técnica importante: o marketing de escassez, o qual estimula o desejo de compra diante do risco de ficar sem.

Modelo de contagem regressiva

4. Crie programas de fidelidade e benefícios para clientes antigos e inscritos

Com todos os descontos e promoções inundando a caixa de entrada do comprador na Black Friday, você precisa garantir que seu e-mail se destaque da multidão. Portanto, é importante pensar e se esforçar para criar um relacionamento duradouro com o consumidor.

Considere oferecer promoções especiais de marketing na loja da Black Friday para quem já está inscrito na sua base de contatos de e-mails. A exclusividade é uma ferramenta de persuasão eficaz, tornando-se uma ótima maneira de aumentar as visitas à loja online e física!

As promoções podem assumir a forma de cupons, embalagens para presentes grátis, brindes de bônus, entrega com desconto, frete grátis ou qualquer outra coisa que você possa imaginar para entusiasmar os compradores e gerar interesse.

5. Mantenha suas promoções atualizadas e os clientes informados

Forneça aos assinantes digitais as informações mais atualizadas sobre os produtos em estoque ou os recursos e atualizações mais recentes do seu produto.

Em alguns casos, você pode oferecer online os produtos que estão em estoque e disponibilizar a entrega ou retirada em uma loja, o que pode ser uma ótima opção em tempos de pandemia.

Isso é especialmente importante para os produtos mais quentes da estação. Ele permite que você crie buzz sobre a marca e incentive mais visitas.

Se ficar sem estoque de um item popular, você também pode compartilhar informações sobre novas remessas que estão chegando para reabastecer o estoque. Essa é uma ótima maneira de incentivar os clientes a voltar para comprar um produto específico.

6. Lembre-se dos carrinhos abandonados no seu site!

Como em qualquer época do ano, sempre haverá alguns compradores que não concluem a compra na internet. Por volta da Black Friday, configurar e-mails de carrinhos abandonados se torna uma tática ainda mais importante para as empresas de comércio eletrônico reconquistarem esses clientes em potencial. 

Oferecer descontos e outras promoções é uma das maneiras mais eficazes de trazer os clientes de volta, especialmente durante a temporada de férias, quando eles provavelmente estão navegando nas diversas ofertas disponíveis.

Mas não se esqueça de que a Black Friday traz uma janela de oportunidade muito mais restrita do que os períodos de compras normais, portanto, você precisará adaptar o tempo de e-mails de carrinho abandonado de acordo.

7. Atenção com a exposição de produtos na gôndola

Além da preocupação com a comunicação de boas práticas na pandemia do coronavírus, como cartazes e avisos no PDV, é preciso atentar-se com a exposição dos produtos na sua loja.

Sabemos que a aparência geral da loja é muito importante. O layout do piso, os fluxos de produtos e a estratégia de planejamento de sortimento localizada correta têm um impacto drástico na experiência na loja. Mas o que mais você pode fazer para maximizar os lucros no período da Black Friday?

Existem áreas em sua loja que você precisa comercializar com eficácia e outras em que é necessário exibir com eficácia. Por isso, não confunda merchandising com exibição visual, pois são muito diferentes.

O merchandising é definido como a variedade de produtos disponíveis para venda e a exibição visual é a forma de disponibilidade desses produtos que estimulam o interesse em vendas.

Esse impacto se torna ainda mais importante quando nos referimos a produtos perecíveis como frutas, legumes e verduras. Afinal, além de estimular a venda, é necessário aumentar a durabilidade das FLVs.

Clique para baixar o modelo para Layout de Hortifrúti e saiba como aumentar a durabilidade dos vegetais do seu supermercado ou minimercado através da exposição correta nas gôndolas.

8. O primeiro a entrar, o primeiro a sair (FIFO)

Chegamos a última dica, mas não menos importante: o FIFO, uma das abordagens mais diretas para o controle de estoque e uma das mais fáceis de entender e implementar em seu negócio.

E isso não é diferente na Black Friday. Inclusive, a época nos leva a ter ainda mais atenção neste ponto!

Geralmente, o FIFO leva a lucros maiores. O valor do estoque no ponto em que foi adquirido pode ser menor do que no momento da venda. Isso porque, com o tempo, as despesas relacionadas ao estoque geralmente aumentam. O estoque mais antigo normalmente é comprado por um preço mais baixo.

Importante destacar que o método de controle de estoque FIFO é quando um varejista atende um pedido com o item que está parado na prateleira há mais tempo. Basicamente, os produtos que foram adquiridos primeiro também serão os primeiros produtos que você vende.

Confira 3 dicas imbatíveis para um controle de estoque eficiente.

Leve o seu marketing da Black Friday para o próximo nível

Em um ambiente de compras de fim de ano mais lotado e de alto risco, o planejamento antes da Black Friday é mais importante do que nunca. Agora é a hora de começar essas estratégias de marketing da Black Friday para garantir que sua loja esteja pronta para aproveitar ao máximo o aumento nas vendas no maior final de semana de varejo do ano. 

O marketing da Black Friday não difere muito de suas práticas recomendadas durante todo o ano, exceto que concentra mais esforço em um período de tempo menor. Portanto, não se esqueça:

  • Comece cedo
  • Utilize linguagem clara e atraente
  • Use contagem regressiva e técnicas de escassez
  • Crie programas de fidelidade e benefícios para clientes antigos e inscritos
  • Mantenha suas promoções atualizadas e os clientes informados
  • Lembre-se dos carrinhos abandonados!
  • Atenção com a exposição de produtos na gôndola
  • O primeiro a entrar, o primeiro a sair (FIFO)

Leve em conta nossas 8 ideias de marketing da Black Friday para aproveitar ao máximo aquele que se tornou um dos maiores períodos estratégicos de vendas do varejo. Agora é hora de começar a planejar sua própria campanha e ver suas vendas decolarem. 🚀

Implemente as táticas que melhor se adaptam à sua loja para garantir o melhor retorno. Boa sorte!

Confira mais dicas como esta no Blog da PariPassu.

Se precisar de ajuda temos um time de especialistas prontos para te apoiar, fale com a gente!

Deixe o seu comentário

[fbcomments]

Artigos Relacionados

  • PariPassu

    Últimas informações da safra do segundo semestre de 2020

    continue lendo
  • PariPassu

    9 podcasts imperdíveis para quem trabalha com alimentos

    continue lendo