Desperdício de alimentos na indústria: 8 dicas para reduzir

Leia mais: Como prevenir quebras e rupturas em estoques de supermercados?   

Uma das principais maneiras de ganhar mais dinheiro é otimizar os recursos, e por isso a redução do desperdício de alimentos na indústria pode trazer muitas vantagens.

Prefere escutar o conteúdo? Clique no player abaixo e aproveite:

 

Podemos ir além. Prevenir perdas e desperdiçar menos produtos alimentícios impacta positivamente em diversos fatores, como:

Para obter esses ganhos, confira as recomendações do time de especialistas da PariPassu e descubra como evitar o descarte de alimentos na rotina das suas operações!


O que causa o desperdício na indústria alimentícia?

Alimentos são produtos perecíveis, que demandam um alto nível de atenção e administração para terem a qualidade garantida. Por isso, alguns fatores podem ocasionar índices elevados de perda na cadeia de produção, como:

  • procedimentos inadequados de manipulação;
  • insuficiência na gestão da rede de fornecedores;
  • falhas em processos de inspeção;
  • erros de armazenagem dos produtos;
  • ausência de manuais de Boas Práticas de Fabricação (BPF).

Esses motivos contribuem para estatísticas que impressionam. O relatório divulgado em 2021 pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA), que mede o desperdício de alimentos no mundo, informou que 931 milhões de toneladas de alimentos foram para o lixo em 2019. 

Isso seria o suficiente para carregar 23 milhões de caminhões com 40 toneladas cada, uma frota que circularia a Terra sete vezes.

E tem mais: a Organização para a Alimentação e Agricultura (FAO), também das Nações Unidas, estima que as perdas e desperdícios nos elos da cadeia produtiva correspondem a um terço da produção global de alimentos


8 ações para reduzir o desperdício de alimentos na indústria

Visando a sustentabilidade da produção e o equilíbrio no uso de recursos, é cada vez maior o foco em combater o desperdício de alimentos na indústria

Vamos conhecer, a seguir, algumas iniciativas possíveis para alcançar esse objetivo!

1. Construa uma relação próxima com fornecedores

Contar com uma boa base de fornecimento eleva a qualidade dos alimentos utilizados pela sua indústria e, consequentemente, ajuda a diminuir os descartes. Isso vai desde o conhecimento e qualificação das empresas até avaliações constantes de desempenho de fornecedores

Você deve aliar critérios de negociação a outros pontos essenciais, como cumprimento de instruções de órgãos regulatórios, colaboração com rastreabilidade de alimentos e comprometimento com todas as exigências estabelecidas em comum acordo. 


2. Trabalhe com registros de qualidade

Fazer o devido acompanhamento e monitorar registros de qualidade ao longo das etapas de linha de produção favorece a redução do desperdício de alimentos na indústria. Especialmente se isso for feito em tempo real!

Com o apoio de sistemas especializados, essa tarefa se torna mais fácil e você pode identificar com facilidade — e continuamente — pontos de melhoria nas rotinas da equipe


3. Padronize processos

Mapear, documentar e organizar os processos de produção são premissas básicas para facilitar a instrução das pessoas colaboradoras e dos fluxos de trabalho. Isso faz com que o tempo seja otimizado e o manuseio dos alimentos possa ser criteriosamente supervisionado. 

Esse é um ponto que favorece, ainda, a adequação do ambiente, do maquinário e a aplicação das regras de manipulação correta dos insumos. Isto é, garantem-se mais qualidade e segurança aos alimentos!


 4. Organize o controle de estoque

O conhecimento sobre as operações e padrões de fabricação revelam as quantidades e prazos necessários para o giro de produção. Essa é uma informação essencial para a eficiência da sua gestão de estoque, sincronizando a compra e o uso de produtos de forma eficaz.

Do contrário, você pode ter problemas com:

  • excesso de insumos;
  • produção prejudicada pela falta de ingredientes;
  • ou ainda problemas com armazenamento por falta de espaço e sobra de mercadorias. 


5. Identifique falhas e gargalos de produção

Com indicadores bem estabelecidos, a gestão das operações de indústrias de alimentos consegue ter visibilidade suficiente para detectar não conformidades e revertê-las rapidamente com planos de ação

Cumprir isso com agilidade faz toda diferença para chegar ao mínimo desperdício possível de alimentos, evitando a recorrência de problemas


6. Verifique equipamentos e ambiente constantemente

Certificar-se sobre a revisão periódica das máquinas utilizadas na linha de produção interfere diretamente na qualidade do trabalho e na condição do produto para comercialização. 

Afinal, comprometer o produto final por causa do mau funcionamento dos equipamentos significa ter que descartá-lo. 

A manutenção do maquinário e do ambiente de fabricação dos alimentos é importante, também, para afastar possibilidades de contaminação ao longo dos processos. 


7. Treine a equipe com frequência

Conscientize os profissionais do time para que haja um esforço coletivo no dia a dia em relação a:

  • uso de equipamentos de proteção individual (EPIs);
  • controle de processos de qualidade;
  • rigor com exigências de higiene pessoal e do ambiente de trabalho.

Lembrando que manipuladores de alimentos têm forte responsabilidade sobre cada etapa de processamento em uma indústria. Incorporar a segurança de alimentos como um dos pilares da cultura organizacional é uma excelente estratégia para fortalecer esse cuidado!

 
8. Invista em tecnologia e automação

São muitos os detalhes que precisam de atenção e supervisão, não é mesmo? É por essa razão que a tecnologia tem se tornado uma aliada indispensável para monitoramento e inspeções nas indústrias alimentícias. 

Tudo o que abordamos até aqui se torna mais simples com o apoio de um software para registrar e analisar dados, além de facilitar tomadas de decisão e definições estratégicas. A automação do controle de qualidade de alimentos pode trazer inúmeros benefícios!

Se você concorda e visualiza essa transformação na realidade do seu trabalho e do seu negócio, não perca a chance de se aprofundar no assunto com mais um conteúdo da PariPassu!

Baixe agora nosso guia gratuito sobre gestão da qualidade na prática e aumente os resultados da sua empresa!

Se preferir, você também pode ler sobre: