A Importância da Exposição do Hortifrúti no Layout do Varejo

Está sem tempo para ler mas gostaria muito de estudar este assunto? Sem problemas, clique no player abaixo e escute o post na íntegra.

Você sabe como tornar o seu supermercado uma referência em Frutas, Legumes e Verduras (FLV)? Já pensou em investir no layout da gôndola onde ficam os seus vegetais?

Se ainda não, fique por dentro das tendências de mercado, que apontam os supermercados como a principal rede de abastecimento das famílias quando o assunto é hortifrúti.

Ao longo deste post vamos te ensinar como destacar o seu setor hortifrúti com estratégias e referências, nacionais e internacionais, para a sua empresa tornar-se a número um na cabeça das pessoas na hora de comprar FLV in natura.

As características organolépticas como cor, textura e odor são levadas totalmente em consideração na hora de comprar os vegetais, portanto devemos inspirar o consumidor a comprar. A organização no Ponto De Venda (PDV) deve ser primordial, pois é o visual dos seus vegetais que irá atrair ou não o seu cliente.

Nas fotos abaixo, temos dois exemplos: à esquerda com uma gôndola mal organizada, nada atrativa e suja, comprometendo não só a estética mas o vegetal em si, que pode ser contaminado facilmente por microrganismos patogênicos, afetando assim a saúde do consumidor. Já na imagem ao lado, à direita, podemos observar que este outro supermercado prezou pela organização, seleção e higiene na hora de dispor as suas FLV na gôndola.

Importância do Layout de Hortifrúti no Varejo
Na esquerda gôndola de supermercado desorganizada e suja, na direita gôndola organizada de maneira correta.

A preocupação com o visual merchandising desses produtos deve estar em seu projeto, vamos fazer uma análise: você já deve ter ido em algum supermercado em que a organização e o aspecto dos vegetais não eram tão bons assim, porém você acabou comprando por necessidade, mas da próxima vez que você precisar comprar alguma FLV vai lembrar que aquele supermercado não satisfez os seus padrões visuais de qualidade.

Isso pode acontecer com qualquer pessoa, não se sentir atraída pelas FLV de determinado supermercado e, encontrar outro supermercado que atenda melhor ao seu padrão de qualidade. Com a troca de supermercado para a compra dos vegetais, esse consumidor pode passar a fazer todas as suas outras compras nesse novo supermercado, ou seja, você vai perder clientes.

Para você ter uma ideia se o seu supermercado precisa de alguma mudança ou não, faça um cálculo simples: pegue o número de clientes que compraram FLV, multiplique por 100 e divida esse valor pelo número total de clientes que compraram no supermercado, o valor deve ser maior que 50%, caso não seja, você deve investigar o porquê desse número abaixo da média.   

Importância do Layout de Hortifrúti no Varejo

Esse cálculo pode ser feito por dia, pois dependendo do dia há mais ou menos vendas, ou calculado por mês. Você pode experimentar os modelos e ver qual deles gera um retorno melhor para o seu supermercado.

Com o que devo me preocupar primeiro?

Primeiramente, para ter produtos de qualidade, você deve fazer a gestão dos seus fornecedores, deve avaliar sempre as suas mercadorias, para ter um parâmetro de quais fornecedores são melhores.

O supermercado deve oferecer treinamentos semanais aos funcionários que irão manipular esses produtos, pois como muitos vegetais são sensíveis e extremamente perecíveis, qualquer machucado pode favorecer o processo de maturação e consequentemente diminuir o seu tempo de exposição na prateleira.

Os treinamentos devem ser constantemente atualizados por um profissional que entenda do assunto, invista em capacitação.

Você deve ficar atento ao prazo de validade dos seus produtos, um checklist de qualidade pode te auxiliar nesse processo, é de extrema importância que seja verificado todos os dias os vegetais a vencer e, que esses sejam retirados imediatamente da gôndola para não ocorrer contaminação com os outros alimentos.

Como devo organizar o meu PDV?

Deve ser construído um procedimento operacional padrão (POP) de higienização das gôndolas, importante para diminuir as condições favoráveis para o desenvolvimento de microrganismos e evitar a deterioração e/ou contaminação desses vegetais, esse processo deve ser realizado utilizando produtos químicos que tem por finalidade limpar e sanitizar as superfícies.

Na gôndola do supermercado você deve optar por colocar as frutas menos maduras embaixo e as mais maduras em cima, para que as frutas mais maduras não sejam esmagadas e estraguem mais rápido. 

Exposição agressiva ou controlada?

As diferenças entre a exposição agressiva e a controlada estão na forma como você dispõe os seus vegetais, as imagens abaixo vão esclarecer melhor as diferenças entre elas.

Importância do Layout de Hortifrúti no Varejo
Exposição agressiva

A exposição agressiva envolve grandes volumes de produtos e é uma alternativa para os hipermercados com grande fluxo de pessoas e que praticam preço de oferta, porém esse tipo de exposição geram muitas quebras de produto devido ao seu modelo de exposição, é mais fácil um vegetal cair no chão por conta da quantidade exagerada colocada nas gôndolas e estragar mais rápido devido a lesões, uma FLV estragada na gôndola induz todas as outras ao amadurecimento precoce.

Para esse tipo de exposição você deve planejar ter os vegetais em grandes quantidades para não haver ruptura durante o funcionamento do supermercado. Deve ter um bom preço de oferta para que haja saída dessas mercadorias, o fluxo de pessoas diário também precisa ser levado em consideração.

Já a exposição controlada é um modelo que utilizam-se menos quantidades de vegetais na gôndola. Esse modelo é mais prático para o encarregado do setor FLV observar se há algum vegetal podre e retirá-lo o mais rapidamente do local, evitando assim, possíveis quebras.

É mais atrativo visualmente para os consumidores e, na hora do consumidor escolher o vegetal é mais fácil a visualização dos produtos, não precisando assim, mexer várias vezes nos vegetais.

Sendo assim, é possível evitar com maior exatidão quedas dos produtos no momento da compra como acontecem com maior frequência no modelo de exposição agressiva.  Abaixo estão alguns modelos de exposição controlada que, são os modelos mais utilizados na Europa e EUA.

O desperdício de FLV nos supermercados é em média 5,97% sobre o faturamento bruto, com o modelo de exposição controlada você reduz esse desperdício e colabora para um processo de vendas mais sustentável.

Importância do Layout de Hortifrúti no Varejo

As FLV são empilhadas de maneira organizada com no máximo 3 a 4 pilhas de vegetais, isso varia conforme a resistência de cada produto. 

Para esse modelo deve ser feito um planejamento evidenciando como será o processo de reposição das gôndolas em dias de ofertas, que são os dias de maior fluxo das mercadorias e, o  quadro de profissionais capacitados responsáveis pelo abastecimento correto das mesmas. 

Folhagens

A alface, couve e chicória são alguns exemplos de folhagens mais comuns encontradas nos supermercados e que, devem ter um cuidado maior, pois se colocadas de maneira inadequada na gôndola, tendem a estragar mais rápido. 

Essa folhagens necessitam ser borrifadas, preferencialmente pela manhã e ao final do dia, para não murcharem tão rápido, pois elas perdem água para o meio com maior facilidade.

Do mesmo modo, as folhagens não convencionais, agora com maior visibilidade devido a receitas, pratos gourmet que as utilizam e aos seus benefícios para a saúde, também são comercializadas em alguns supermercados que preconizam a saudabilidade, algumas delas são a capuchinha, dente de leão, ora-pro-nóbis, taioba, entre outras, elas também precisam de um cuidado a mais pelos mesmos motivos mencionados anteriormente.

Esses vegetais são mantidos com maior frescor quando acondicionados em embalagens que preservam a umidade da planta e, em ambiente climatizado, como gôndolas refrigeradas entre 0,0ºc a 2,0°c.

Adeque com o seu fornecedor entregas diárias desses vegetais, preferencialmente que sejam entregues de manhã cedo.

Esses vegetais devem ser calculados como projeções de vendas, com base nas vendas já realizadas, para não faltar e nem sobrar mercadorias na sua gôndola, o ideal é que esse tipo de vegetal não permaneça mais que um dia em seu supermercado, com exceção das folhosas embaladas que podem ter uma vida útil maior conforme validade informada pelo fornecedor. Abaixo temos alguns modelos do layout das gôndolas refrigeradas, obtidos de supermercados internacionais.

Importância do Layout de Hortifrúti no Varejo

Para te ajudar a planejar melhor o layout das suas FLV selecionamos algumas referências de supermercados internacionais e nacionais para te inspirar. 

Supermercados internacionais

Importância do Layout de Hortifrúti no Varejo

Supermercados nacionais

Importância do Layout de Hortifrúti no Varejo
Importância do Layout de Hortifrúti no Varejo
Importância do Layout de Hortifrúti no Varejo
Importância do Layout de Hortifruti no Varejo

Se precisar de ajuda com a prevenção de perdas fale com um de nossos especialistas e realize um diagnóstico gratuito!

Importância do Layout de Hortifrúti no Varejo

Deixe o seu comentário

Artigos Relacionados

  • PariPassu

    Como melhorar a gestão da qualidade do seu restaurante?

    continue lendo
  • PariPassu

    Como aumentar a produtividade na Agricultura Orgânica?

    continue lendo