fbpx

5 tipos de indicadores mais utilizados para Gestão da Qualidade

Sem tempo para ler? Não se preocupe! Preparamos um player para você escutar e ficar por dentro do assunto.

Utilizar indicadores de qualidade para medir e verificar o desempenho de uma empresa são os melhores companheiros de quem acompanha e analisa a operação, pois eles apontam o caminho e são um ótimo referencial.

Os indicadores de qualidade podem ser diversificados e possuem a função de, por meio de padrões pré estabelecidos pela empresa, mensurar o resultado final que esperam de maneira confiável.

Vale lembrar que é muito importante acompanhar regularmente os resultados da operação através de metas e números, pois eles serão a prova de que o processo está operando de forma eficiente.

Para ajudar você a estruturar esse acompanhamento na sua empresa, separamos os 5 indicadores mais utilizados pelos clientes da PariPassu para a Gestão de Qualidade.

Mas você sabe quais as principais vantagens dos indicadores para a gestão da qualidade?

  • Obter informações que auxiliem nas tomadas de decisão;
  • Contribuir com planejamentos estratégicos, 
  • Visão mais crítica do negócio;
  • Distribuir e fazer um melhor uso dos recursos;
  • Evitar e eliminar erros;
  • Melhorias contínuas no processo.

Agora que você já sabe quais as vantagens, vamos para os destaques dos indicadores

1. Indicador de eficiência

O indicador de eficiência permite que sejam detectados desperdícios de recursos que reduzirão sua produtividade.

A eficiência tem foco no processo e reflete indiretamente nos clientes. Podemos citar alguns pontos que interferem nesse indicador:

  • Horas de trabalho por produto produzido;
  • Quantidade de dinheiro gasto para a execução de determinada atividade;
  • Quantidade de horas paradas de uma máquina ou equipe.

Mas como calcular? Isso pode ser medido através de um software de gestão de produção que possibilitem o controle de compra de matérias primas, controle de custos, descartes, entre outros pontos.

2. Indicador de Segurança/Qualidade

Esse indicador é essencial para não causar danos à saúde ou integridade física dos clientes, por exemplo.

Um forma simples de mensurar, é realizando inspeções e controles da produção, dos produtos finais, de matérias-primas e também dos pontos críticos de controle da operação, através de checklists e análises.

É importante verificar se as medidas de segurança e exigências de certificações e normas nacionais e internacionais estão sendo atendidas no seu produto.

3.Indicador de Eficácia

A eficácia mede o grau de atingimento dos resultados, ou seja, o foco é na realização e não nos recursos gastos para chegar a tal resultado.

Sendo assim, indicadores de eficácia têm foco no produto e no resultado obtido e, estão diretamente relacionados à satisfação dos clientes. Justamente por isso é que se relacionam mais com questões como atendimento, satisfação, pontualidade, confiabilidade etc.

Como exemplo de indicadores de eficácia temos:

  • Porcentagem de reclamação de clientes;
  • Durabilidade do produto;
  • Rapidez na conclusão de um chamado;
  • Confiabilidade do produto, serviço ou equipe;
  • Desempenho do produto ou serviço ou equipe.

E vale lembrar que esses indicadores de eficácia estão diretamente ligados com o aumento de lucro da empresa.

4. Indicador de Efetividade

A efetividade nada mais é do que a junção da eficácia com a eficiência. Esse indicador apresenta as consequência de um produto ou serviço. 

Com indicadores de efetividade consegue-se mensurar se os objetivos propostos foram alcançados.

Ou seja, uma empresa efetiva desempenha processos que resultem em bons resultados aos clientes, com redução de custo e aumento de lucratividade. Indicadores de efetividade respondem a perguntas como:

  • O serviço oferecido é relevante para o cliente?
  • O projeto contribuiu para aumentar o faturamento?
  • O projeto reduz erros dos colaboradores?

5. Indicador de atendimento

Dentre os indicadores de qualidade, o de atendimento é o que mostrará se sua empresa está realmente cumprindo com o que promete ao oferecer determinado produto ou serviço ao consumidor. 

Um fator muito importante aqui é a necessidade do processo de pós-venda, em fazer um acompanhamento bem próximo com o cliente. 

Sabe aquela história de que o melhor índice de satisfação do seu cliente  é a estratégia boca a boca? Pois é, monitorar o indicador de atendimento é muito importante para saber se sua marca possui cientes que irão promover a sua empresa por você. 

Leia também

Como melhorar a gestão da qualidade do seu restaurante?
Treinamento de funcionários no setor de alimentos: tudo o que você precisa saber
Guia Gestão de Qualidade na Prática

Como implantar indicadores de qualidade?

Vale lembrar que os indicadores de qualidade variam de empresa para empresa e de acordo com os objetivos organizacionais de cada uma. 

Os indicadores citados aqui tendem a ser gerais para qualquer tipo de negócio. A dica é sempre avaliar o que faz sentido monitorar neste momento para a sua empresa, para isso, os indicadores devem estar 100% relacionados com os objetivos da sua empresa, ou seja:

  • Ser utilizados para tomar decisões
  • Ser um ponto estratégico;
  • Ter aderência ao negócio da empresa;
  • Ter relevância em todos os níveis e setores;
  • Ser baseado em dados confiáveis e mensuráveis;
  • Servir como insumo para um plano de ações.

Indicadores podem facilitar muito a gestão de qualidade na sua empresa

Quer saber como gerar maior confiabilidade dos seus registros, com as informações de qualidade e garantia dos processos?

Fale com um de nossos especialistas e veja como tomar decisões rápidas com ajuda de alertas e agilidade das informações! 

Deixe o seu comentário

[fbcomments]

Artigos Relacionados

  • PariPassu

    Decreto nº 10.468: o que a indústria de alimentos precisa saber

    continue lendo
  • PariPassu

    5 vantagens de cursos online para quem trabalha com alimentos + BÔNUS

    continue lendo