Controle de qualidade: como padronizar o processo de produção de leite?

Experimente ouvir este post para descubrir como o processo de leite pode ser padronizado. Basta clicar no player abaixo!

Prezar pela qualidade e fornecer um alimento seguro são requisitos obrigatórios para conquistar espaço no mercado da pecuária do leite e expansão do negócio. Por isso, a busca pela melhoria contínua precisa fazer parte do DNA da sua propriedade rural.

Produzir leite seguro e de qualidade requer o estabelecimento de procedimentos operacionais padrões que assegurem a padronização da qualidade tanto de matérias-primas quanto do produto final.

Por isso, o controle de qualidade é fundamental em todos os estágios da produção, pois qualquer falha poderá afetar a qualidade do leite.

Uma alternativa eficiente para assegurar que o processo de produção de leite seja praticado corretamente é padronizá-lo.

E para te ajudar a entender melhor como padronizar o seu processo de produção de leite preparamos este post para você.

Continue lendo para descobrir como este fator colabora para a obtenção de um leite com mais qualidade e segurança. 🙂


Por que padronizar o processo de produção de leite?

A consequência de um leite de boa qualidade envolve vários atributos e a padronização do processo de produção é um deles.

Padronizar significa manter um processo a um determinado método pré-estabelecido. Desta forma, a padronização procura organizar e estruturar o processo de produção de leite com o objetivo de aumentar a produtividade, a excelência dos procedimentos do processo de produção e consequentemente a qualidade do leite e, claro, a redução de custos por falhas operacionais.

Como padronizar o processo de produção de leite?

Para implementar a padronização, a utilização do Procedimento Operacional Padrão (POP) é essencial para o controle de qualidade e eficácia dos processos.

O POP é documento de referência que contém instruções sequenciais para cumprimento dos procedimentos específicos que precisam ser executados, orientando os colaboradores sobre cada uma das tarefas e responsabilidades.

As informações deste documento precisam ser claras e de fácil entendimento, permitindo que todos os colaboradores consigam desempenhar os procedimentos perfeitamente, eliminando possíveis falhas.

Check list de inspeção de qualidade para processo de produção de leite

A aplicação de um check list (questionário) de qualidade no processo de produção possibilita ter maior compreensão de possíveis problemas e identificar as etapas de produção que necessitam de mais atenção.

Para que a padronização aconteça de forma eficaz é muito importante que um check list seja aplicado em todas as etapas do processo de produção do leite e contenha perguntas referente aos parâmetros de qualidade, por exemplo, um check list para inspeção de qualidade da infraestrutura e instalações.

O check list para esta etapa deve conter perguntas como:

    • O leite é refrigerado no tempo e temperatura corretos após a ordenha?
    • O leite de animais doentes ou em tratamento são misturados ao leite destinado ao consumo humano?
    • Foram encontradas inconformidades na sala de leite?
    • O sistema de limpeza/higienização estão em correto funcionamento?
    • O piso das salas de espera e de ordenha são seguros?
    • Os produtos de pré e pós-dipping foram utilizados corretamente?
    • A água utilizada no processo de produção de leite é potável?

A inspeção de qualidade do processo de produção de leite pode ser automatizada para melhorar o desempenho da produção. A automação traz eficiência, facilitando a padronização dos processos, mesmo que os procedimentos sejam realizados por colaboradores diferentes.

Deste modo, as informações coletadas nas inspeções de qualidade podem ser analisadas em tempo real resultando em uma tomada de decisão mais segura e ágil.

Confira o vídeo abaixo!

Padronizar o processo de produção ajuda a garantir que a qualidade do leite esteja em conformidade com os requisitos determinados pela legislação e também por cada indústria.

E, como citado no decorrer deste post, antes de mudar a forma como os procedimentos serão realizados, treine os trabalhadores envolvidos, isso irá reduzir ou até mesmo eliminar inconformidades no processo de produção.

Gostou deste artigo? Então continue em nosso blog e leia agora mesmo o post Boas Práticas Agropecuárias: como garantir a qualidade do leite. Boa leitura e até a próxima!

Deixe o seu comentário

Artigos Relacionados

  • PariPassu

    Rastreabilidade e recall de alimentos: tudo o que você precisa saber

    continue lendo
  • PariPassu

    A importância da ficha técnica de produto para o controle de qualidade

    continue lendo