fbpx

Como ganhar dinheiro com o controle de qualidade?

Você lembra do post onde falamos sobre a importância do controle de qualidade? Agora que já conhecemos a importância da gestão da qualidade, os primeiros passos e os desafios de uma implantação de sucesso, vamos falar de como conseguir ganhar dinheiro com o controle de qualidade. Como aumentar a qualidade dos seus produtos, trazendo vantagem competitiva em um mercado cada vez mais concorrido, sem aumentar os custos envolvidos no processo.

Muitas vezes, a nossa primeira impressão é que a implantação de um controle de qualidade gera custos muito elevados para a empresa e, por isso, não é viável no curto prazo. Porém, você já parou para contabilizar os custos da “não qualidade” na sua empresa?

Os custos da não qualidade são todos aqueles envolvidos com os produtos fora do padrão desejado, ou seja, custos envolvidos com o descarte (custos de compra dos produtos, de vendas perdidas, processamentos realizados nos produtos descartados, horas de trabalho dos funcionários) e devoluções (custos extras de transporte, redução no preço de venda, substituição dos produtos).

Então como encontrar o equilíbrio entre os custos de prevenção,  os custos de descartes e devoluções, através do controle de qualidade? No gráfico abaixo, temos a representação deste equilíbrio:

grafico1

No cenário 1, está representada a situação onde a empresa não realiza o controle de qualidade e a mesma tem que lidar com descartes e devoluções frequentes. Assim, não há custos relacionados ao controle de qualidade, mas os custos com descartes e devoluções são máximos, fazendo o custo total também ser máximo.

Já no cenário 3, a situação é totalmente oposta, a empresa realiza um controle extremamente rigoroso, onde é envolvida uma grande força tarefa para sua execução e a amostragem dos produtos é bastante ampla. Neste cenário os descartes e devoluções estão praticamente ausentes na empresa, porém o custo envolvido com o processo de controle de qualidade é muito alto, fazendo com que o custo total também seja alto.

O cenário 2, é o nosso cenário ideal, neste caso, o controle de qualidade é realizado de maneira eficiente e suficiente para diminuir os descartes e devoluções a um nível aceitável. Nesta situação os custos com o controle de qualidade e de descartes e devoluções estão equilibrados, fazendo com que o custo total seja mínimo, e a empresa possa obter um lucro maior. Além do benefício econômico, sua marca oferecerá um maior nível de serviço a seus clientes e irá fidelizar cada vez mais o consumidor final.

Portanto, apesar de parecer um custo dispensável em um período de recesso econômico, implantar um método de controle de qualidade na sua empresa, deve ser visto como uma maneira de reduzir os custos de suas ineficiências, aumentando o lucro da sua empresa e melhorando sua competitividade no mercado.

Para ajudar você nessa jornada, elaboramos um conteúdo rico onde abordamos as principais etapas a serem seguidas para a implementação da gestão da qualidade em seu negócio, além disso, inserimos as principais legislações referente à produção, distribuição e comercialização de alimentos.

Clique aqui para baixar grátis o seu  eBook sobre “Controle de Qualidade e Rastreabilidade de Alimentos”.

 

 

Deixe o seu comentário

[fbcomments]

Artigos Relacionados

  • PariPassu

    3 vantagens do transporte aéreo de frutas, legumes e verduras

    continue lendo
  • PariPassu

    Decreto nº 10.468: o que a indústria de alimentos precisa saber

    continue lendo