Desenvolvimento da Cadeia de Suprimentos: entenda o que significa

POR PariPassu

Exercer um trabalho de Desenvolvimento da Cadeia de Suprimentos junto à seus principais fornecedores é uma estratégia importante para quem busca uma entrega de matérias primas mais eficiente e se preocupa com o consumidor, alcançada através de ações inovadoras que permitam, por exemplo, reduzir custos e oxigenar o crescimento da empresa.

Você sabe o que é a cadeia de suprimentos?

Segundo o Canadian Supply Chain Sector Council (Conselho Canadense do Setor da Cadeia de Suprimentos, em português), a definição de uma cadeia de suprimentos abrange as três seguintes funções:

  1. Fornecimento de matérias primas ao fabricante;
  2. O processo de fabricação;
  3. A distribuição dos produtos acabados, através de uma rede de distribuidores e varejos, para o consumidor final.

Portanto, a cadeia de suprimentos é a rede que compreende as empresas envolvidas nestas etapas.

Uma cadeia de suprimentos organizada traz vantagens

Quando todas estas empresas se relacionam, o fluxo de produtos nela é facilitado e as informações relevantes para as três funções já mencionadas, são compartilhadas por todos os elos. A distribuição destas informações permite que todas as partes planejem ações apropriadas para atender suas necessidades atuais e futuras.

Estas ações podem, por exemplo, reduzir o volume de um estoque ou diminuir o custo do tempo empregado na melhoria do produto acabado. A medida que mais empresas participam desta troca de informações e estão dispostas a realizar atividades integradas entre elas, o fluxo de produtos entre fornecedores e clientes se torna mais eficiente.

A gestão da cadeia de suprimentos

Fazer a gestão da cadeia de suprimentos é uma tarefa cuja maior responsabilidade é relacionar as funções e processos mais relevantes de um negócio dentro e entre empresas, buscando um modelo de negócio coeso e de alta performance.  

Desta forma, a gestão da cadeia de suprimentos engloba o gerenciamento e o planejamento de ações envolvidas com o fornecimento e a aquisição de insumos, atividades de logística, administração de canais de comunicação – que envolvem fornecedores, intermediários, serviços terceirizados e clientes – e fabricação dos produtos acabados.

Todas estas atividades impulsionam a coordenação de processos e atividades envolvendo marketing, vendas, design de produtos, finanças e tecnologias de informação. Quando estes processos e atividades são adotados de forma ordenada, com critérios e resultados desejados estabelecidos, começamos a tratar efetivamente do Desenvolvimento da Cadeia de Suprimentos.

O significado do Desenvolvimento da Cadeia de Suprimentos

O Desenvolvimento da Cadeia de Suprimentos é um conjunto de atividades elaboradas entre os elos da cadeia de abastecimento que visam, a partir de critérios anteriormente estabelecidos, aprimorar características do produto entregue ao consumidor.

Para iniciar um projeto de Desenvolvimento da Cadeia de Suprimentos, é essencial definir um plano que esteja alinhado com sua estratégia de negócio, que inclua objetivos que contribuam positivamente com esta estratégia e que sempre busque a satisfação do consumidor final.

Depois disso, com a ajuda de KPIs (Key Performance Indicators, Indicadores de Performance, em português), você poderá acompanhar os resultados com dados que permitam evidenciar melhorias. Veja alguns exemplos:

  • Melhorias Financeiras: acompanhando a redução de custos por pedido.
  • Melhora no Desempenho dos Fornecedores: usando inspeções de qualidade no recebimento dos produtos.

Cadeia de suprimentos

  • Redução do volume de estoque: observando a diminuição tempo de saída dos produtos no estoque.
  • Aumento da Satisfação do Cliente: analisando pontuações de pesquisas de satisfação.

Cadeia de suprimentos

Desenvolvimento da cadeia de suprimentos
A partir do momento em que se sabe quais matérias primas são importantes para o negócio, uma empresa estará preparada para começar a traçar objetivos e critérios para estruturar um projeto de Desenvolvimento da Cadeia de Suprimentos.

Atuar junto aos fornecedores que abastecem a produção da sua empresa, facilitando o fluxo de informações e atividades que fomentem uma melhoria na qualidade do produto acabado, efetivamente reduz os custos envolvidos na produção e agrega valor frente ao cliente, mercado e o consumidor final.

Gostou deste post? Então continue em nosso blog e leia agora mesmo o que a sua empresa ganha investindo na gestão de fornecedores.

Clique aqui para conhecer mais dos nossos conteúdos!

 

Deixe o seu comentário

Artigos Relacionados

  • PariPassu

    Rastreabilidade no setor de frutas, verduras e legumes no Brasil

    continue lendo
  • PariPassu

    Os 6 mandamentos de uma inspeção de qualidade

    continue lendo