7 hábitos poderosos para a Cultura da Qualidade da sua empresa

POR PariPassu

Observando a Gestão da Qualidade dentro de uma empresa, muitas vezes os gestores acreditam que tudo esteja ocorrendo bem, que se tem uma visão clara de quais são os pontos críticos de melhoria e que se obtém retorno de capital.

Talvez você tenha essa mesma impressão na sua empresa, mas temos uma pergunta para confrontar a sua visão:

Os colaboradores estão realmente envolvidos com o propósito da qualidade ou para eles o gerente da qualidade é só mais um “chato” que pega no pé?

Quando isto ocorre dentro de uma empresa, significa que a cultura da qualidade é fraca ou não existe.

A cultura da qualidade está presente quando há o comprometimento de toda a equipe – não só da direção e gestores – em relação aos processos e a importância de implementá-los corretamente, ou seja,  está relacionado com a compreensão do significado da gestão da qualidade por toda a empresa.

Quando a cultura da qualidade faz parte do DNA de uma empresa, existe a percepção da importância em atender às necessidades de clientes somado ao mérito do envolvimento de cada colaborador para o alcance das metas estabelecidas.

Um novo olhar, mais atento, para os processos internos de qualidade traz como benefício o aumento do desempenho do negócio, pois todos os envolvidos desempenham seu trabalho e funções em acordo com um único propósito.

Confira 7 hábitos que podem te ajudar no desenvolvimento da cultura da qualidade na sua empresa:

1. Líderes engajados: sem eles não é possível estabelecer uma cultura de qualidade, bons líderes refletem na postura e costumes de seus colaboradores. Um bom líder engajado precisa ir além das cobranças de não conformidades.

2. Conscientização: é a consequência da comunicação horizontal, a equipe se sente fazendo parte da empresa, colaborando para algo maior e entendem que precisam criar novos hábitos. Os treinamentos e especializações são formas de criar essa consciência nas pessoas.

3. Horizontalidade: o ideal é que a comunicação da alta administração e dos líderes seja de igual para igual, assim é possível inspirar as pessoas e fazer com que elas entendam o propósito da qualidade. Faça reuniões periódicas apresentando dados e informações transparentes.

4. Acompanhamento de metas e indicadores: o entendimento de toda a equipe sobre como são definidas as metas e e acompanhamento dos indicadores, além de sua participação na ações para alcançá-los, formam colaboradores engajados em suas atividades e no cumprimento de procedimentos de qualidade. 

5. Incentivo: elogie, dê recompensas para os grupos e colaboradores que demonstram comportamentos que estão alinhados com o propósito da qualidade.

6. Amadurecimento: muitas vezes a empresa pode estar realizando a gestão da qualidade, mas não entende o valor, ou seja, o propósito está equivocado, por exemplo, se preparar para as auditorias de certificações somente uma vez ao ano. É preciso amadurecimento do modo de encarar os procedimentos diariamente, medindo o desempenho.

7. Cultura: sem esses hábitos torna-se muito difícil conquistar a cultura da qualidade na prática e complementar a estratégia da empresa.

Então, como fazer dar certo?

Uma forma de tornar o processo de implementação da cultura a qualidade mais fácil é unir os hábitos citados acima com a utilização de tecnologias facilitadoras no controle e inspeção de qualidade, por exemplo, para a coleta e mensuração de dados.

Para ter o controle do que é dito (teoria) e do que é feito (prática) é necessário saber a efetividade das metas estabelecidas. Poder apresentar estes resultados através de indicadores de desempenho, que podem ser acompanhados em tempo real pode aproximar o colaborador aos objetivos da empresa, além disso, é possível medir tanto o desempenho e compromisso dos colaboradores quanto às inspeções de qualidade realizadas.

Definitivamente não há compromisso real com a qualidade se não houver uma cultura da qualidade consistente e em constante aperfeiçoamento, mas isto não precisa ser um desafio impossível para você, tenha em mente os principais valores que vão alcançar seus objetivos e invista em soluções que tragam resultados.

+ Conteúdos

Para te ajudar neste desafio, elaboramos um guia rápido gratuito sobre os Processos de controle de Qualidade na indústria de Alimentos basta Clicar Aqui!

 

 

Deixe o seu comentário

Artigos Relacionados

  • PariPassu

    O que a sua empresa ganha investindo na Gestão de Fornecedores?

    continue lendo
  • PariPassu

    Será que a Prevenção de Perdas no Varejo vai morrer?

    continue lendo